Blog de informações sobre hip hop, rap brasileiro e cultura de rua

Apresentando: Emancipator

Voltando às origens do Per Raps, conversamos entre nós e decidimos resgatar um pouco do espírito que nos fez iniciar nossa trajetória com o blog. Uma das motivações iniciais era, como a de boa parte das pessoas que criam blogs musicais, a de indicar novos sons para os internautas. E aproveitando o clima de nostalgia, vamos indicar aqui um artista que já teve um post dedicado só a ele no Per Raps, mas como foi bem no início do blog, acho que não teve o destaque merecido. Outro motivo de resgatarmos o trabalho do Emancipator é o fato de não termos visto nada sobre ele em qualquer veículo de comunicação brasileiro até agora, o que, na minha opinião, é um grande desperdício.

Antes de começar a ler, aperte o play pra conhecer o som…

Emancipator, “Smoke Signals”
http://raps.podomatic.com/enclosure/2010-02-03T07_15_23-08_00.mp3″

Você já sentiu vontade de estar em outro lugar ao escutar uma música? Eu já, e a grande maioria desses momentos me foram proporcionados por um disco chamado Soon It Will Be Could Enough (você pode baixá-lo no nosso post anterior), certamente o que mais ouvi no ano passado, autoria de um jovem produtor e multi-instrumentista natural de Portland, nos EUA. Lançado em 2007, o primeiro disco de Doug Appling aka Emancipator foi abraçado pela crítica especializada no país e chamou atenção pela qualidade e profissionalismo vindas de um ‘garoto’ de 20 anos que fez o disco no seu tempo livre, enquanto ainda estava no colegial.

Com strings, teclados, instrumentos de sopro e samples variados, todos cuidadosamente programados e sequenciados, acompanhados por baterias downtempo (na medida pros MC’s que quiserem treinar suas letras e levadas), o disco de Emancipator seria perfeito se usado como trilha sonora para um mundo fantástico, como por exemplo o de Pandora, no filme Avatar. As músicas são todas instrumentais, com alguns poucos samples vocais, e remetem a cenários e paisagens naturais que ainda não sofreram interferência do homem.

(Ta achando viadagem? Então assiste isso aqui: http://www.youtube.com/watch?v=YDvHurRMvrc)

Geralmente colocado nas prateleiras do trip hop ou da música eletrônica, o trabalho de Emancipator tem total intersecção com o ritmo do rap, e ele já divulgou diversos remixes usando as vozes de rappers como Nas, Mobb Deep e Aesop Rock, entre outros. É de se esperar que o produtor faça mais pra frente discos só de remixes, assim como faz a dupla nova-iorquina Ratatat, por exemplo. O melhor desses remixes pode ser conferido neste som, em que ele misturou uma música do grupo Mobb Deep com os finlandeses do Sigur Ros. Saca só:

Após o lançamento de forma independente de seu primeiro álbum, Emancipator ganhou notoriedade no Japão em razão do estilo de seus instrumentais, que têm bastante influência do mellow rap, a mistura de rap com jazz em evidência no país, por meio de artistas como Nomak, Nujabes, Uyama Hiroto e outros. Com isso, a terra do sol nascente foi onde o jovem começou a brilhar: lançou seu disco por um selo japonês e, convidado por integrantes da cena local, realizou sua primeira turnê, no final de 2008, sendo tratado como ídolo no país. No ano passado, ele finalmente foi reconhecido como deveria nos EUA e lançou seu disco oficialmente no país pela 1320 Records.

Há duas semanas, veio a novidade. Novo disco do cara nas ruas, chamado Safe In The Steep Cliffs’, desta vez com a possibilidade de ser baixado via uma ferramenta muito legal que é o Bandcamp.Você paga pelo cartão de crédito e baixa o disco na hora, na qualidade que quiser, e também tem a possibilidade de ouvi-las em streaming.

Caso você seja um artista e esteja buscando novas formas de distribuir sua música, vale a pena conhecer. No Brasil já temos exemplos de alguns artistas usando o Bandcamp, como por exemplo o produtor e MC Tiago Rump, que colocou as músicas do seu último trabalho, Sincronicidade, para download gratuito no site.

Esse álbum tem uma pegada bem parecida com o primeiro, mantendo a proposta de transportar os ouvintes para algum lugar bem longe de São Paulo. Em seu site, o próprio deixou uma definição de seu novo trabalho:

‘Safe In The Steep Cliffs’ represents the tightest, most unique, most organic beats I’ve made in the last three years. This album has a new palette of sounds and samples from around the world, including more original recordings (guitar/violin/bandolin/banjo) and new guest artists including Japanese jazz musician Uyama Hiroto. It’s ominous and overgrown, dense and ethereal. And epic. Always epic.

Para quem não entende inglês, ele disse algo como:

‘Safe In The Steep Cliffs’ representa os mais perfeitos, únicos e orgânicos beats que eu fiz nos últimos três anos. Esse álbum tem uma nova gama de sons e samples do mundo todo, incluindo novas gravações originais  (guitarra/violino/bandolin/banjo) e novas participações incluindo o músico de jazz Uyama Hiroto. É sinistro, maduro, denso e etéreo. E épico. Sempre épico.

Assista também o vídeo feito por um fã com a música Anthem, do primeiro disco de Emancipator:

Mais:
MySpace
site oficial do Emancipator.

E você, escutou o som? O que achou? Dê sua opinião.

Anúncios

5 Respostas

  1. Realmente… Lindo… Obrigada por esta matéria!!!

    fevereiro 4, 2010 às 20:12

  2. Daniel, ótima dica. Eu baixei o disco dele no HHB a partir do release, que apresentava o som dele mais ou menos como você fez, mas não tinha sequer “deszipado” o arquivo até ler a sua matéria. O cara é bom mesmo. O Uyama Hiroto também é um puta produtor, tem uma proposta estética bem parecida com a do Emancipator. Aliás, meu toque de celular pra levantar todo dia é a “81summer”, do Uyama. Vale a pena correr atrás.

    Abraço!

    fevereiro 5, 2010 às 21:03

  3. Genial… Simplesmente genial

    fevereiro 23, 2010 às 13:37

  4. Ska

    Concordo com amigo que me apresentou o som “Simplesmente genial”.
    Acredito que sera o melhor achado de 2010.

    fevereiro 23, 2010 às 14:04

  5. charlie

    emancipator is THE shit! conheço o cara faz tempo, logo quando lançou o primeiro trabalho e agora quando resolve lançar material novo o coração quase pula pra fora! o novo cd está bem diferente do primeiro (pelo qual devo optar como favorito)… é uma ótima sugestão, e cê devia focar também no nujabes, o cara é muito, mas muito bom! tudo dele é bom, sem falta, é incrível. procura por qualquer coisa dele no youtube (se ainda não conhece, claro).

    ótimo blog, cheers.

    março 1, 2010 às 04:00

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s