Blog de informações sobre hip hop, rap brasileiro e cultura de rua

O show de mixagens do Clã Leste

Os DJ's Soares, RM, Zulu e Erick Jay, por Luciana Playmobile

O Clã Leste é uma crew de DJ’s originária da zona leste de São Paulo que, de alguns anos pra cá, se consolidou como a mais importante do país. Formado pelos DJ’s Erick Jay, RM, Soares e Zulu, o grupo se firmou como o grande expoente do turntablism (a arte das performances com os tocadiscos) brasileiro ao participar, no ano passado, do DMC Teams, o maior campeonato de DJ’s do mundo, disputado em Londres. Além de participar, o Clã Leste fez bonito e conquistou o quarto lugar na competição, se consagrando como a melhor banca de DJ’s da América Latina na atualidade.

Apesar de ter iniciado em 2000, o projeto tomou forma e ganhou força nos últimos anos. Boa parte desse destaque se deve às performances dos DJ’s Erick Jay e RM, que vêm colecionando títulos em torneios de DJ’s nacionais desde 2004. Em 2008, com o retorno da participação brasileira no DMC depois de um longo hiato, RM se sagrou vencedor da etapa nacional e chegou à final do mundial, na categoria individual. No ano seguinte, 2009, foi a vez do companheiro de equipe Erick Jay levar o DMC Brasil e representar o país nas finais em Londres, além, é claro, de participar também da disputa por equipes com o Clã.

Agora em 2010, o Clã Leste acaba de lançar o seu mais novo projeto, intitulado de Clã Leste Mix Show, um programa de vídeo semanal com sets preparados especialmente pelos DJ’s da crew. Para entender melhor essa nova empreitada do Clã, o Per Raps entrevistou o DJ Soares, idealizador do projeto, que falou sobre este e outros assuntos relacionados ao grupo. Se liga:

Per Raps: De onde surgiu a ideia do Clã Leste Mix Show? Qual o intuito?

DJ Soares: O Clã Leste Mix Show foi uma ideia minha inspirada no Beat Junkies Radio, do qual somos fãs já há muito tempo. Achei interessante a ideia, apresentei pros caras e aí começamos a fazer a nossa versão. O Clã Leste DJs já existe há 10 anos e sempre fomos conhecidos como “DJs de performance”, mas poucas vezes pudemos mostrar nosso trabalho no que diz respeito à discotecagem. Hoje podemos dizer que já conquistamos muitas coisas no meio do turntablism, lógico que gostamos muito de criar novas performances e nos apresentarmos os quatro ao mesmo tempo utilizando samples de vinis antigos e criando música com eles, mas acho que agora é hora de também mostrarmos que temos muito material para discotecar. Sendo assim vi que um bom caminho para mostrar isso seria ter o nosso próprio webradio/tv show, além de produzirmos nossa própria festa, que é algo que já estamos trabalhando também.

Per Raps: Como vocês definem esses vídeos? Já tem um formato definido?

DJ Soares: É engraçado porque até agora nós não soubemos definir exatamente o que é. Normalmente eu utilizo este termo “webradio/tv” mesmo sabendo que TV e rádio são duas mídias completamente diferentes, ou senão dizemos que é um “programa de rádio filmado”, mas no final das contas é mais fácil passar o link e deixar as pessoas assistirem e elas mesmas definirem o que é. Em relação ao formato, isso já está definido: serão programas semanais, nestes primeiros meses a programação ficará por nossa conta e depois começaremos a convidar DJs daqui e de fora do Brasil. As gravações acontecem na casa do Erick Jay.

Per Raps: Qual foi a importância do ano de 2009 e da participação no DMC na história do Clã Leste?

DJ Soares: Lembro que anos atrás a gente pegava alguns finais de semana depois dos ensaios para assistir os DVDs do DMC mundial na casa do Zulu ou do RM, e a gente ficava imaginando quando que teríamos esta chance de ir lá e competir contra os melhores. Na época era algo muito distante da nossa realidade e, sinceramente, não éramos muito otimistas que um dia o DMC iria voltar ao Brasil, mas mesmo assim sempre treinamos pra desenvolver as técnicas e ficarmos mais entrosados. Até que chegou o fim de 2008 e recebemos a noticia que iria acontecer o DMC Teams no Brasil. Dali em diante já começamos a viver 2009, não teve natal nem ano novo pra gente, foram dias e noites treinando, criando coisas novas, reformulando coisas antigas até chegar no resultado final, que foi o que apresentamos no DMC Brasil.

Depois disso mudamos mais algumas coisas, aumentamos a dificuldade da performance e fomos pro mundial, foi um trabalho bem árduo e demorado. Já no mundial é difícil descrever o que sentimos, porque foi um turbilhão de emoções ao mesmo tempo. Ver e poder conversar com os DJs que sempre fomos fãs, ter uma estrutura de primeiro mundo para fazer a apresentação, tocar em uma casa de shows lotada e ouvir os gritos e aplausos do pessoal que nunca tinha ouvido falar de nós…no after party os nossos concorrentes vindo conversar com agente, nos parabenizando, alguns dizendo até que merecíamos um resultado melhor, tudo isso foram coisas que não sairão da nossa memória, mas acho que se fosse para citar um acontecimento que simboliza tudo que o DMC e todo o ano de 2009 significou para agente, foi quando o DJ Shiftee (que foi o campeão solo de 2009) chegou e falou pra gente: “Vocês colocaram o Brasil no mapa”.

Per Raps: Quais são os planos para 2010? Alguma novidade para os fãs?

DJ Soares: 2010 é ano do trabalho, como foi de 2000 para cá. Vamos continuar fazendo o Mix Show, vamos correr atrás de um lugar legal para fazer uma festa mensal e se possível semanal, estamos produzindo uma performance nova pro DMC Teams deste ano, estamos também trabalhando no site do Clã Leste onde, além de fotos, vídeos e mixtapes, terá o Mix Show linkado e transmitido ao vivo; se possível faremos algumas camisetas, adesivos e feltros comemorativos dos 10 anos do Clã Leste. Nós temos muitas vontades, vamos ver se vai dar tempo de tirar todas do papel.

Per Raps: Quem são suas principais referências no mundo do turntablism (grupos, crews, DJ’s)?

DJ Soares: Crews – The Allies, Beat Junkies, X-Ecutioners, Invisible Skratch, Scratch Pervs, Bird Nam Nam, C2C. DJs – Kid Koala, Cut Chemist, J-Rocc, Shadow, A-Trak, Klever, Craze, Dexta, I-Emerge, Fly, Netik, Rafik, Q-Bert, Revolution, Rob Swift…são muitos, com certeza vamos esquecer de algum.

Per Raps: Vocês pensam em lançar um disco de turntablism?

DJ Soares: Já possuímos meios de lançar, mas isso requer paciência e um bom tempo para produzir algo legal. No momento estamos mais focados em nosso novo show e em outras atividades, e também não queremos “lançar por lançar”, a gente quer fazer algo diferente do que já existe por aí. Creio que este projeto ficará para 2011.

Confira o canal de vídeos no Vimeo do Clã Leste Mix Show.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s