Blog de informações sobre hip hop, rap brasileiro e cultura de rua

Não canso de ouvir com Dj Nato PK

Nato PK por Juliana Ferracini_2009/ligadosbeats

O DJ Nato PK na Liga dos Beats (por Juliana Ferracini)

Saiba o que o campeão dos beats ouve

Como definir o Dj Nato PK? Segundo o MC Enézimo, “é um cara que não
erra no tempo”. É também um dos responsáveis pelo bem sucedido selo do ABCD paulista (Santo André), Pau-de-dá-em-doido, responde como Dj desde 1996 e produtor desde 2001.

Conhecido pela sua mixtape lançada no final de 2007, a “PAU-DE-DA-EM-DOIDO Mixtape Vol.01” , que contou com nomes como James Lino e Carlus Avonts (Potencial 3), Kamau, Max B.O e a banca do Pau-de-dá-em-doido. Esse trabalho inclusive rendeu uma indicação no tradicional prêmio Hutúz 2007, na categoria “Revelação”.

Em 2008 foi bi-campeão da batalha de beats “Battle Beats Brasil” e em 2009, saiu vencedor da primeira edição da “Liga dos Beats”, realizada na CCJ. Produziu o primeiro CD solo do MC Enézimo (Ex-Armagedon) e atualmente trabalha na finalização do álbum de Arnaldo Tifú.

Dono de beats repletos de “bounce” e samples com aquele soul meloso bom de se ouvir, Nato PK impreciona com a sua capacidade de criar instrumentais perfeitos para a rima. Mas de onde vem tanta inspiração? Talvez você possa ter uma idéia acompanhando os 10 discos que ele não cansa de ouvir. Confere ae!

10 – Marco Polo e Torae – Double Barrel
marco poloEsse disco é uma puta referência pra mim, no que estou buscando em termos de beats, uma pancada atrás da outra, os riscos do DJ Revolution caem como uma luva… enfim esse não fica de fora do set nem do mp3 player.


09 – John Legend – Once Again

John Legend-Once Again [Front]Por incrível que pareça só vim a reparar mais no trampo desse cara nesse disco, (o quarto trampo dele), depois de ver o clipe do som We Just don´t Care. Corri atrás do disco e achei bom pra caramba, o cara além de cantor é um pianista cabuloso, e depois pesquisando esse disco vi que ele é coproduzido pelo Legend com a ajuda de Kanye West, Will.i.am e outros nomes de peso e que o cara já trampou com vários nomes, Slum Village, Lauryn Hill, Alicia Keys, Jay Z e outros.

08 – Enézimo – Um Cara de Sorte
enezimoPodem até achar que é jabá do nosso trabalho e tal, mas esse disco além de ser uma vitória para o Enéas (Enézimo), tem um conteúdo muito foda, não canso de ouvir “Deus Está Comigo”, “A Força das Palavras”, “Alma”… sou suspeito mesmo pra falar desse disco, sou fã do Enézimo desde a época do Armagedon e hoje tenho muito orgulho de trampar com ele.

07 – Sombra – Sem Sombra de Dúvidas
ssombraEsperei muito esse disco porque já tinha ouvido algumas faixas soltas e digo que valeu a pena, o sombra com seu estilo de rimar único, me agradou pra caramba, beats bem produzidos pelo DJ QAP, pelo seu irmão Gilmar De Andrade, Mister Bomba. Gosto muito da “Sangue de Jesus tem poder” e Nóiz Capota Mais Não Breca. Rap nacional de qualidade.

06 – KRS One – Return of the Boom Bap
KRS-One-Return_Of_The_Boom_Bap_frontConheci muitos discos e grupos gringos quando começei a colar com a rapaziada do grupo Armagedon. Uns caras que eles curtiam muito era o Boogie Down Productions. O DJ Julhão (DJ do Armagedon) tinha os discos, e um tempo depois, meu parceiro que me ajudava com os discos no grupo Polemikaos me apresenteou o Return Of the Boom Bap, achei foda, tantos os beats e o timbre de voz e levada únicas do KRS. Primeiro disco solo dele que tem o clássico Sound Of da Police.

05 – Beatnick & K-Salaam Present – Never Can Say Goodbye
beatnickO melhor disco de remixes que ouvi esse ano, perfeito demais!! Nem tenho muito o que falar desse trampo, só ouvindo mesmo pra sacar… minha trilha sonora das ultimas 4 semanas.

04 –Hidden Beatch Recordings presents: UnwRapped. Vo. 01

hiddenEsse não é um disco de instrumentais qualquer, são sucessos do Hip Hop, arranjados com uma pegada jazz, valorizando muito os momentos dos solos . Gosto pra caramba da versão da The Light do Common , da Bonita Applebum, e pra mim a mais cabulosa é a versão da You Got Me (The Roots) violino cabrero…(risos)

03 – Max de Castro – Samba Raro
385020_0_5Minha referência no que se trata de mixagem e masterização. Max de Castro é a mistura perfeita do eletrônico com o samba, a bossa, sempre que escuto descubro algo novo nas músicas, impossível ouvir uma vez só essa obra de arte.


02 – Z´África Brasil – Antigamente Quilombos, hoje Periferia
ZafricaA primeira vez que o o Z´áfrica no palco, foi no Usina, o Gaspar rimando o som Hip Hop Rua, num beat do P.diddy, levada incrível, idéias cabulosas… quando saiu o disco não pensei duas vezes em pegar. Rimas e beat´s valorizando a cultura brasileira, é um disco que quando vc menos espera já esta na ultima faixa.

01 – DMN – Cada vez mais preto
DMNClássico do Rap nacional, um dos meus primeiros discos e que mudou não só a minha mas a vida de vários DJs e MCs. “Mova-se”, “4P”, “Como pode estar tudo bem”, “Aformaoriginalmental”… disco fundamental na minha história com o rap, o primeiro som do DMN que ouvi foi o “Isso Não se Faz, do Consciência Black Vol. 02., e quando saiu esse não pensei 2 vezes em adquirir, hoje tenho 2 vinyls bem guardados.

Mais em:
Myspace
Blog PAU-DE-DA-EM-DOIDO

Acompanhe também a seleção que o Dj Nato PK fez no blog 2Deep Mixtapes.

Anúncios

3 Respostas

  1. Poxa acho que nao tem coisa mais gratificando do que voce fazer parte de algo que norteou a vida de alguem. Me sinto honrado por saber que fizemos parte de sua formação dentro desse cenario que mudou a vida de muita gente.
    É um privilegio pra mim saber disso, por que sempre acreditei que poderiamos somar na vida de muita gente e a prova maior disse esta em pessoas como voce que sao orgulho para todos nós tambem. A continuidade….isso deveria ate ser nome de disco!
    Muita luz na sua vida Dj Nato e sorte em todos os projetos que estiver envolvido. Forte abraço!

    novembro 12, 2009 às 01:04

  2. hallo, wir haben zinkspray mit 99% zinkanteil der sich verharzt. das heisst, er ist auf lange zeit witterungsbeständig und abriebfest. zinkspray und zinkspray hell für eine schönere ausbesserung der schadhaften stelle.

    novembro 19, 2009 às 16:44

    • Daniel Cunha

      Nóiz que voa, bruxão…

      novembro 19, 2009 às 17:16

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s