Blog de informações sobre hip hop, rap brasileiro e cultura de rua

VMB da discórdia

Wanessa e Ja Rule_VMB2009

Wanessa e Ja Rule levaram o rap (?) ao palco do VMB - Divulgação

#fail?por Eduardo Ribas e Carol Patrocinio

Nós assistimos ao Vídeo Music Brasil, acompanhamos todos os momentos de revolta e, assim como você, ficamos desapontados – assim como o Neo encontrando o Arquiteto (Matrix Reloaded) – mas depois voltamos ao mundo real e lembramos que essa é a grande mídia, a votação é do público e a audiência é feita basicamente por adolescentes.

Pior do que o VMB, só o Rio de Janeiro ter ganho a disputa para sediar as Olimpíadas de 2016!

Por que o MV Bill ganhou o prêmio na categoria RAP?
MV Bill é hoje um dos MC’s brasileiros que mais aparece na mídia, ao lado de Marcelo D2, quer você goste/concorde ou não, tanto a sua música como seu trabalho social permitem que o trabalho do “Mensageiro da Verdade” seja mais difundido e como a votação foi feita pela internet… Ligue os pontos.

Além disso, o rapeiro tem feito inúmeros shows pelo Brasil e levando seu nome para os mais diversos lugares. Se fizermos uma comparação com os outros prêmios que a MTV entregou, a lógica é a mesma: os artistas com mais visibilidade tiveram mais votos e ganharam o prêmio. Então, nenhuma novidade.

Parabéns ao MV Bill, que ainda entregou um prêmio e fez uma apresentação bem legal no pré-VMB – se a gente não levar em conta a plateia formada por adolescentes do rock que batiam palminhas enquanto ele rimava.

Ao rap, as migalhas?
Algumas pessoas que acompanham ou fazem parte da cultura hip hop olharam a premiação da MTV como uma entrega de migalhas ao rap nacional. A afirmação é totalmente compreensível, visto que, indicado em cinco categorias, o rap apenas saiu vitorioso na categoria que só poderia dar o rap! As três indicações de Emicida e a indicação de Marcelo D2, acabaram ficando para outros grupos.

Cabe aqui uma observação: Vale recordar que, na verdade, o prêmio do rap para o rap seria o Hutúz, não o VMB.

Mas isso não deve ser visto como algo apenas negativo. A indicação dos MC’s/grupos na categoria rap, e no caso especial de Emicida, indicado também como aposta e melhor clipe, podem trazer mais visibilidade ao trabalho dessas pessoas. A curiosidade pode fazer com que pessoas que nunca ouviram falar no Kamau, por exemplo, busquem por suas músicas.

É claro que as perspectivas não são boas, uma vez que as pessoas que gostam de músicas variadas, geralmente, buscam com mais frequência pelo novo e pelo diferente. As pessoas que buscam música pelo rádio ou pela TV, acabam geralmente sendo direcionados pela chamada “cultura de massas”. Mas no rebanho sempre existe uma ovelha esperando para ser salva; o foco é chegar nessa ovelha!

Por que a decepção com o VMB?
Muita gente depositou esperança nos prêmios que poderiam ser conquistados por representantes do rap, até pelo fato da MTV não ter incluído sequer a categoria de “ritmo e poesia” nas últimas duas edições. Órfãos do Yo! e crentes em uma mudança de pensamento ou atitude, os fãs do gênero musical não devem se sentir lesados ou levianos por terem acreditado. Se a esperança de que algo fora do script pudesse ter acontecido não existisse, então muita gente não se daria ao trabalho de sequer fazer um videoclipe.

A maioria dos rimadores, dos que trabalham pelo rap e lutam para seu crescimento o faz por amor, por acreditar que a saída para os problemas está na cultura, na liberdade, na mudança do cenário atual. A ideia é sempre crer em tempos melhores, mesmo observando o mundo de um modo cético. Acreditar é uma das poucas coisas as quais podemos nos agarrar, não é o momento de achar que não vale a pena ter esperança.

Por que o EMICIDA não levou nenhum prêmio?
Se a MTV tivesse dado um prêmio ao Emicida, estaria dando um tiro em seu próprio pé. Por quê? Explicamos. A maioria esmagadora dos vencedores dos prêmios possuem contratos com grandes gravadoras, que investem muito em cada banda. Premiar um artista independente do rap, que vende suas mix a R$2, faz show a preços populares e que, segundo a Folha de S. Paulo é “empreendedor”, seria dar um exemplo de que é possível chegar ali sem precisar das tais gravadoras.

Lembrando, nesse caso, a música é tratada como negócio. Por trás da premiação há patrocínios, cobranças, comerciais e intervalos caríssimos e uma indústria musical que ainda está repensando como “vender” música, tendo a internet como principal “vilã” para impedir seus planos.

Mas, e agora?
É possível que no ano que vem o rap permaceça com espaço na Music TeleVision, isso permitiria que clipes como o do Slim Rimografia, DBS, Funkero, Casa di Caboclo e tantos outros recém-lançados entrem na programação.

A perspectiva em relação a prêmios é de possibilidade remota, até porque continuarão os grandes investimentos das gravadoras em nomes e em modismos, afinal, essa é e sempre foi a cultura (de massa) que é dada ao povo. O grande boom que veio com o hype em volta do nome do Emicida ainda pode trazer boas perspectivas, que não seriam migalhas, já que, se o hip hop, ou mais especificamente o rap, quer ter a possibilidade de chegar para mais pessoas, precisa saber se utilizar dos espaços que ele tem possibilidade de fazer parte.

Criticar a Globo, a MTV ou as rádios é fácil, mas para fazer com que o cara que ouve Cine, simplesmente porque toca na rádio, mude de gosto musical, é preciso fazer com que a música se propague. E não é apenas a internet que fará isso. Lembrando que o hip hop é uma cultura marginal e seria interessante que, mesmo sendo um dia mais difundida, seus representantes tivessem “controle” dela.

Na gringa isso acontece, mas percebemos claramente a influência de grandes grupos corporativos em certos rumos. Não que o rap tenha que ser apenas independente ou música de protesto, longe disso. Rap é música! Mas que essa música seja controle de propriedade de quem a faz e não de gravadoras. Se para estar na MTV – ou em qualquer outro espaço – for preciso “cultivar a franja e fechar com o Bonadio”, então cabe a cada um saber qual é o seu rumo.

“Ache um rumo pra chamar de seu…” – Parteum, “Rumo”

Anúncios

35 Respostas

  1. Flávia

    muito bem postado.. :)

    outubro 2, 2009 às 16:21

  2. Mano…parabéns. Contexto bom e escrita boa…matéria do caralho, no portugues bem claro!
    Isso eh a melhor coisa que tem cara, ontem ver algo numa dimensão tao foda que nao se sabe ao certo a veracidade, deixando o rap como figurante e aqui um bagulho quente protagonizando mesmo!
    Eh questao de tempo pras coisas mudarem, os pequenos grandes passos ja foram dados!

    Tamo junto!

    NÓIS!

    outubro 2, 2009 às 16:46

  3. Eu imaginei que o EMICIDA não levaria nenhuma premio, seria um tanto quanto subversivo!
    Mas que ele merecia, merecia.
    Não so ele, como KAMAU tbm!
    O Bill é bom, mas se envolver com a petrobrás pra mim já é demais!

    outubro 2, 2009 às 16:48

  4. “se a gente não levar em conta a plateia formada por adolescentes do rock que batiam palminhas enquanto ele rimava.” hahahahahahaha.. Muito bom!
    Não me surpreendeu em nada esse VMB, tudo como esperado.
    Salve Emicida, Salve Kamau, Salve Bill. A batalha continua…

    outubro 2, 2009 às 16:48

  5. Parabéns ao Perraps pela cobertura da categoria Rap no VMB, independente do resultado.

    Realmente, não dá para competir com a força das gravadoras grandes e seus cafetões (diretores) artísticos, que deformam a opinião dessa molecada sem referencia que acham a MTV “legal”.

    Vejo o rap ensaiar uma entrada digna na mídia a muito tempo, e para mim já não é surpresa esses resultados vinculados à Sony e Universal.

    A “rua”, o “rap” ou o que quiserem chamar, é incompatível com essa premiação.

    outubro 2, 2009 às 16:51

  6. Não tiro o mérito do MV Bill e Kmila pelo prêmio, porém quem está por dentro da cena RAP, sabe que o merecimento seria de Emicia ou Kamau. Mas com o VMB é uma grande democracia em virtude dos votos pela internet, o ganhador da categoria RAP 2009 ou qualquer categoria listada é o mais votado e não necessariamente, o melhor. A RUA É NÓIZ

    outubro 2, 2009 às 17:09

  7. Como torcedor, eu queria o Emicida vitorioso no VMB, ele representa a retomada do Rap com uma postura e discurso fortes e sem apelos e domesticações. Mas se for ver, as pessoas que mais fizeram coisas no Rap, no período entre outubro de 2008 e outubro de 2009, foram o Bill e o Emicida, sendo que o Bill teve projeção nacional, internacional, artistica, política e até controversa (petrobras)…Como não houve critérios definidos, não podemos falar que o Bill não mereceu.

    O Emicida entra pra história como força independente e criativa…que movimentou a cena, fez contratos,ampliou contatos, fez site e levou o rap pra um lugar que o finado Sabotage se orgulharia…

    Em torno do Emicida, toda forma independente se reuniu…e se fortaleceu. Emicida foi e é elemento catalisador. Os que criticam o Emicida…só vão entender isso daqui há 10 anos.

    Toda a ação do Emicida o colocou na mira das gravadoras grandes. Quantos se moldam ao pop baba pra conseguir isso e nem chegam aos ouvidos e olhos das grandes? A festa VMB sempre foi assim, é espetáculo. A gente do Rap que é carente e dimensionou o barato além do que ele é.

    outubro 2, 2009 às 17:18

  8. salve perraps…otima materia…

    concordo cada letra, realmente, o vmb de ontem foi o pior de todos os tempos, nao pelo Emicida sai sem nenhum cachorrinho, mais pelo fato de que soh as bandas do Bonadio ganham….
    FRESNO é melhor q Paralamas ou Skank…claro q nao, mas…………….fze oq neh…
    Mas o nosso movimento não precisa disso, pois os amantes de Rap já dão o reconhecimento merecido aos nossos artistas, e mostramos que o Rap é bem maior e melhor (qualidade) do que banda Emo com Autotune…
    abç irmao…
    PAZ

    outubro 2, 2009 às 17:26

  9. rodrigowill

    Emivi está a anos na correria, mais que merecido o premio.
    Mas ainda existe “segregação” no rap e esse papo de evolução é chacota, a cena mudou, o que era dito pra periferia hoje é dito pra toda sociedade e tem que se fazer entender pra permanecer no jogo, essa é a verdade. Mas o rap começou agora a ir a mídia (pra valer) e tentar seu espaço e vamos conseguir se encontrarmos uma maneira de nos unir.

    outubro 2, 2009 às 17:32

  10. thew

    Se lamentar não adianta e falar mal de emos demos e cosenos pior ainda, não estariamos fazendo jus a qualidade que dizemos haver no rap.Sinceramente os mulekes do cine nao sao ruins não gosto de rap mas nao sou cachorro e bitolado pra dizer que eles não tem qualidades,só puxar sardinha pro nosso lado tambem não é muito bacana.Fco pensando em bandas de generos como a gaucha tradicional ou de nomes do brega que muita pouca gente quer conhecer mas tem um puta publico e alguns grupos tocam a decadas fazem sua grana e nunca ganharam premio de mtv ou qualquer outra premiaçao sem sentido ou sequer aparecem na nossa querida “midia tradicional”.Nao gosto de musica gaucha, brega e afins mas qual a magica deles? não sei responder sinceramente alguns pensamentos que concerteza virao :a é musica do povao que nao tem bom gosto mmusical.Não sei qual o esquema das gravadoras é um jogo bem sujo concerteza mas pra que tanta exaltaçao sobre um premio que não quer dizer nada musiclmente falando,já que musica é algo totalmente pessoal.achei positiva a esposiçao do emicida na mtv e foi legal, fez varias apresentaçoes na rede e como consequencia o numero de shows em lugares mais “previlegiados” aumentaram, então houve um lado bom para a pessoa dele e sua carreira pessoal.O que me entristece é que o publico do rap só mudou de roupa e endereço mas as ideias continuam estagnadas naquela de reclamaar de tudo e achar que o mundo conspira contra o proprio.querer entrar na casa dos outros e cantar de galo nunca deu certo se o jogo fosse o inverso será que seriamos legais e jogariamos tão limpo assim?E não vejo problema em ter franja ou qualquer outra coisa e se vestir do jeito que for e querer rimar sendo de bom grado e tendo conteudo acho que é o que vale !

    outubro 2, 2009 às 18:39

  11. thew

    corrigindo:
    Sinceramente os mulekes do cine nao sao ruins GOSTO de rap mas nao sou cachorro e bitolado pra dizer que eles não tem qualidades

    outubro 2, 2009 às 18:41

  12. com certeza isto é típico da mtv…como se pudesse ficar feliz apenas pelas indicações dos caras e nos contentarmos de ver o clipe da rapaziada ser lembrado na chamada tv da música brasileira.
    é claro que é merecido o prêmio ao mv bill que é tão competente quanto o d2, ou o rappin hood,e todos os outros irmãos que estão na correria há tempos. a votação somos todos que fazemos,mas o que posso fazer se todo ano Àqueles que eu voto não levam nada. o conceito musical de cada um me levou a concluir que jamais vou abandonar o cenário underground e que o mtv é isso que nós vemos todo ano,inclusive ter que aturar ja rule e wanessa camargo.
    fiquem na paz.

    outubro 2, 2009 às 18:48

  13. Foda essa matéria…………acredito eu que o lance é trampar e não depender de nenhum veículo,o racionais fez isso,chegou lá por si só,pela massa…..e a voz da massa fala mais alto.Em canal de fegui eu tô de boa,um dia alguém verá a importância do som que vem do gueto,e tomará que esse alguém não seja suuuujoooo!!!!!
    abração a per raps e sucesso sempre

    “JEFFE”

    outubro 2, 2009 às 19:12

  14. ronaldo

    q complexo d inferioridade! perdeu pq foi menos votado, ué…

    os outros grupos tem fã-clubes gigantescos q fizeram sua parte….o rap se dividiu entre o ‘under’ e o ‘favela’, e qm ficou com o premio foi o cara da midia…

    parem d chorar, parem d criar esse monte d teoria da conspiracao….emicida nao ganhou, mas mtas outras bandas independentes ali levaram premios….

    essa mentalidade d ‘somos coitados’ eh q faz a gente ficar estagnado, morto no mesmo estagio…

    Abs,

    outubro 2, 2009 às 19:27

    • Fayola

      “Saber perder também faz parte do jogo.”

      Como criticar a MTV se as próprias pessoas que “dizem” fazer parte do rap, exaustivamente se segregam? Antes eram por afinidades, ideologias, letras, quebradas, agora em 2009, mais so que nunca o rap é segregado por sites.
      O rap é maior que tudo isso que vcs estão criticando, criticam porque não ganharam com o EMICIDA, mas deveriam ficar felizes, que pelo MV BILL o rap está de novo na premiação (mesmo que não no show principal).

      Quem conspira mais? Os de dentro, os de fora?
      Conspiração por conspiração, fiquem felizes por ser rap, e não o escolhido por vocês deste site ou qualquer outro. A MTV deu visibilidade gratuita para os grupos, para o EMICIDA principalmente.

      O MV BILL está na cena faz anos, fez jus. Independente de gravadora, lá atrás ele não tinha nem 1/3 do que construiu. Se foquem em ajudar ao RAP a andar, dar passos longos à uma evolução verdadeira, e não as que voc6es acreditem serem justa, por ter maior afinidade com este BLOG.

      O RAP É MAIOR QUE ISSO.
      Acho válida a campanha que fizeram para que EMICIDA ou KAMAU ganhassem, mas não deu gente. NÍVEL NACIONAL não é são paulo, augusta ou alguns outro picos que este rap ATUA.

      Parabéns ao indicados, TODOS os indicados, parabéns aos ganhadores. E sigam em frente, falem mais sobre outros grupos, sobre o RAP mesmo. Tem muito mais coisa acontecendo em SP, no RJ, no BRASIL e no mundo.

      Paz!!

      outubro 2, 2009 às 20:36

  15. Já é alguma coisa ver o RAP, mesmo que de forma pequena, aparecendo.
    R$ 15 milhões foi o que a MTV arrecadou ontem só com publicidade, foi o tempo em que a MTV tava preocupada em fazer história na cena musical.

    outubro 3, 2009 às 01:42

  16. Mike Gabriel

    Cara se o RAP tiver que depender das grandes indústrias de mídia como TV´s e gravadoras pra ser difundido tamo fudido, o rap brasileiro vai ficar igual aos estadunidense.

    E não falo por questão de purismo apenas e sim de foco. Pra quem devemos fazer rap? E a quem pertence as grandes empresas?? Respondendo a essas perguntas entendemos pq o RAP deve se manter independente para continuar a ser uma arte transformadora.

    outubro 3, 2009 às 02:05

  17. Muito bom o texto!
    Gostei principalmente da frase final:
    “cultivar a franja e fechar com o Bonadio”

    Essa parte do Bonadio já até ocorreu de certo modo com alguns que surgiram fazendo Rap, no entanto, “cultivar a franja” passou a existir mais recentemente e tem nome: o tal “Stronda Music”.

    Salve para a rapaziada do Per Raps!!!
    Já está adicionado entre os “Sites Favoritos” no nosso site.

    outubro 3, 2009 às 04:41

  18. Marcio RJ

    Um típico paulista frustrado esse que escreveu esse artigo. Quem deveria sediar as olímpiadas? São Paulo? Faz favor.

    MV Bill é muito superior a todos que estavam concorrendo na categoria Rap, ganhou merecidamente.

    outubro 3, 2009 às 13:48

  19. ronaldo

    Mike, o rap existe por aqui ha uns 20 anos…me diga oq ele transformou? no maximo transformou a vida do brown, e do eduardo…pq de resto, estamos na mesma, e tentanto seguir a mesma formula vencida.

    outubro 3, 2009 às 13:49

  20. Patrícia

    Marcio,

    Antes ser paulista, mineiro, gaúcho ou nordestino frustrado do que não saber nem sequer fazer interpretação de texto. A questão não desmerecer o MV Bill, será q vc tem a capacidade de entender a diferença?
    Se sua capacidade só vai até o ponto de usar esse tipo de provocaçãozinha ridícula, até pq, é o máximo que sempre podem fazer pelo que vejo, te adianto uma idéia…
    Provocação de carioca está para o paulista como a de argentino está para o brasileiro. Pense nisso.

    outubro 3, 2009 às 14:37

  21. Rodrigo

    Bando de imbecil!

    Tavam pagando um pau quando foram indicado, enchendo a bola da MTV e agora que ninguém da panela ganhou, saem refestando um monte de besteira!

    O MV Bill é o maior de todos os concorrentes, pode não ser o melhor, mas é o que mais o povo conhece. Por acaso o Mos Def vai ganhar algum prêmio do 50 Cent ou do Snoop se esse prêmio for escolhido pelo público? É lógico que não!

    Parecem moleques mimados quando perdem o brinquedo!

    Mas se bem que na festa tava todo mundo lá né! Nessa hora ninguém mete o pau na MTV, né? Pq?

    outubro 3, 2009 às 16:41

  22. flávia

    Meu deus!
    quem escreve esse blog?
    Puta postagem inteligente!
    Muito bom mesmo, escrevem super bem! Textos ótimos MESMO!
    Parabéns!
    excelente trabalho!

    outubro 3, 2009 às 17:58

  23. Sinceramente…
    Não esperava que o Rap ganhasse em outras categorias ao não ser o Rap.

    VMB é uma premiação da mídia para a mídia.

    Tudo bem, esse ano teve categoria Rap, mas VMB não é uma premiação para o Rap. [fato]
    A Mtv não tinham mais para onde correr, e nem negar o tamanho do barulho que o Rap está fazendo e o pior/melhor: SOZINHO!

    Para escutar “Rap do bom” tem que ter bom gosto, e esse adjetivo não faz parte das características da maioria do grande publico da Mtv.

    PS: Fiquei com medo dele abrir o envelope da categoria Rap é ler: FRESNO!

    [risos]

    outubro 3, 2009 às 19:10

  24. legal o post meu querido, mas pra que se importar com quem não se importa conosco? a mtv ja tirou o YO! do ar a mó cara e como tu mesmo disse nem mesmo inclui o RAP por 2 anos no VMB

    “cade tudo nosso(?) / se o inimigo é nosso sócio”

    o rodrigo ali acima deu o papo reto
    “Tavam pagando um pau quando foram indicado, enchendo a bola da MTV e agora que ninguém da panela ganhou, saem refestando um monte de besteira!”

    o D2 ja escolheu o lado dele, nós temos que escolher o nosso também

    outubro 4, 2009 às 14:29

  25. Roberto

    Se a MTV não desse espaço para o Rap, não colocaria o Relatos da Invasão nas suas vinhetas, não indicaria o Emicida pra tantas categorias, nao colocaria o U Time no Sessões MTV…

    O que ninguém consegue entender é que o Fresno/Pitty/NxZero é preferência de 8 em cada 10 pessoas que assistem a MTV, os outros 2 ficam entre o Emicida, o Pata de Elefante, a Céu, a Cibelle, o NASA, o Kamau, o Móveis Coloniais de Acaju… e nem por isso eles deixam de dar valor a essas bandas. Como a MTV é uma emissora comercial e não a TV Cultura (que já não é mais como antes, é comercial também), eles tem que passar o que a audiência quer assistir.

    É simples, porque o Maquinaria vai trazer o Faith No More? Porque eles tem centenas de fãs dispostos a pagar para vê-los e lotar um espaço ao contrário do DJ Numark, que lota a Clash apenas. E nem por isso um deixa de ser melhor que o outro e o Maquinaria deixa de colocar o Deftones que lotaria a Clash apenas também, no line up do festival!

    Aquilo é uma empresa, tem que ter patrocinador, pagar salário, fazer o VMB… ao contrário do que acontece aqui no Per Raps, que é feito por vontade própria. Mas como um blog de rap e cultura de rua, poderia falar mais das baladas black da Vila Olímpia para atrair patrocínio das boates de lá, falar de funk (que não deixa de ser rap também) e conseguir dinheiro das marcas de roupas funkeiras… dá pra entender a diferencia do hobby/cultural para o comercial?

    E olha que a MTV ainda consegue fazer com qualidade, porque nenhuma outra emissora/estação de rádio/revista dá espaço pro Dub Echoes ou pro Tecnobrega, nos Doc Mtv que não tem um patrocinador, coloca o Pentágono e o Pablom no Portal MTV… ou bota o Emicida e o Kamau no maior espaço da sua emissora. O Criança Esperança faz isso?

    A MTV incomoda tanto a ignorância de alguns que esse post em 2 ou 3 dias deve ter bombado mais que todos os outros.

    outubro 4, 2009 às 14:55

  26. Roberto

    Outra coisa, disse tudo o Teodorovicz, para o sEmo o CIne é bem mais bombado que o Fresno ou NX Zero, mas aquilo representa a geral não o nicho ou a panela!

    outubro 4, 2009 às 14:56

  27. Salve galera do per raps.
    Poxa,discordo em muito do texto sobre o VMB hein?
    Coloca a foto do Ja Rule Com a Wanessa (Camargo) e faz alusão como se não fosse Rap o que o Ja Rule cantou????
    É Rap,ruim ou bom,pop ou não, é RAP.E outra o VMB nunca foi,e dificilmente será uma festa onde o Rap será protagonista,tirando a epóca do Racionais em 1998,Xis em 2000,Mv Bill em 1999 e outros anos e D2 em 2002 e outros anos tambem,é uma festa totalmente Pop e do rock pop.Tanto que o D2 ja concorreu a premio de MPB e nem o colocaram no Rap esse ano.

    Se a galera do Rap quizesse mesmo uma festa/premiação digna do rap,semelhante ao Hutuz que tambem é muito criticado, por isso acabou, teriamos que nos organizar melhor.
    E o Bill ganhou merecidamente o prêmio,o clipe é ótimo, o cd e o Dvd são bons e ta na cena ai faz tempo, fora que tem a midia ao teu alcance.
    Sou amigo do Leandro(emicida) e sei que ele não ta triste com essa “perda”, só faz fortalecer o trabalho e agora vai ter uma visibilidade jamais vista.Conseguiu isso ‘SÓ’ com a mix…o cd vem ai.

    Parabéns a todos do rap que foram indicados em diferentes categorias: Emicida,Marcelo D2,RZO,Kamau,Relatos da Invasão,Mv Bill.

    outubro 5, 2009 às 13:23

  28. E outra..o RIO DE JANEIRO tem que sediar as Olimpiadas sim,e como um bom paulistano e Brasileiro, não concordo tambem com o que disse sobre tal fato.

    Opiniões cada um tem a sua,mas essa…discordo novamente.
    Perederam tempo no meu ver ao fazer esta materia deste tipo.
    Venho no site pelo menos umas 3 vezes por semana e gosto muito do que vejo aqui. Mas me sinto no direito de criticar por ser um consumidor do mesmo.

    Abraços

    outubro 5, 2009 às 13:35

    • A respeito de alguns comentários sobre o post “VMB da discórdia”, algumas explicações se fazem necessárias:

      1. O intuito do post não foi de atacar ninguém (no caso, a MTV), muito menos, defender (seja Emicida, Kamau etc). A idéia foi sim trazer um outro lado dessa história, permitindo assim uma reflexão sobre o assunto. Além disso, algumas pessoas entenderam que o Per Raps não reconheceu MV Bill como um vencedor legítimo e representante do rap brasileiro no VMB. Confesso não entender o porque, já que, aqueles que acompanham o blog sabem bem que o Emivi marca presença constante no blog, principalmente nos últimos tempos. Além do “parabéns” pelo prêmio no post do Video Music Brasil, você encontra por aqui a resenha do DVD do “Mensageiro da Verdade”, anúncio de diversos shows, um artigo questionando os ataques da revista Veja no caso “Petrobras” e uma entrevista falando da carreira e da indicação ao VMB;

      2. Não somos contra bandas como Fresno, NX Zero ou Cine, e sim contra a massificação imposta pela indústria cultural – que tem como uma de suas subdivisões a indústria fonográfica – que banca o sucesso de certas bandas. Para quem não sabe, o Fresno e o NX Zero existem muito tempo antes da MTV ou a indústria fonográfica pensar em abraçá-los. E eles já tinham diversos fãs e faziam sucesso em festivais como o ABC pro HC, por exemplo. O problema é contratar essas bandas e fazer com que elas toquem exaustivamente em rádios e TV’s, e assim você pense que isso é bom ou legal, sendo que na verdade foi vencido pelo cansaço. O bom da música é que se tem opções de todos os gostos e estilos, do clássico ao brega, mas quantas pessoas você não conhece que só ouvem tal banda porque está na moda ou porque toca direto no rádio?

      3. Sobre o comentário a respeito das Olimpíadas no Rio 2016: não somos contra a realização das olimpíadas no país, apenas acreditamos que um país carente como o Brasil deveria focar suas energias em questões mais gritantes, tais como garantir o básico para a população: água encanada, esgoto, 3 refeições diárias, emprego e um salário decente, educação, saúde, dignidade e respeito. Recentemente tivemos o exemplo dos Jogos Panamericanos, coincidentemente no Rio também. O que o evento trouxe de bom para o estado? As empreiteiras agradecem pelo dinheiro que faturam, mas e o povo? Fora que, será que o povo terá condições financeiras até para pagar os ingressos pra Copa de 2014 ou para as Olimpíadas 2016? O que há de tão bom nesses super eventos no final das contas? E porque será que Chicago (EUA) e Tókio (Japão) não estavam tão interessados em levar essa disputa? Não é porque estamos falando de música que temos que ficar alienados em relação ao que se passa a nossa volta. Pense a respeito;

      4. Concluindo, ficamos contentes com a repercussão do texto, que trouxe um pequeno debate aqui nos comentários do blog e fez com que as pessoas se armassem de argumentos para expor suas idéias, sejam elas a favor ou contra.

      outubro 5, 2009 às 20:14

  29. Caro Eduardo,tu tem razão ao dizer que o debate é válido,parto da mesma idéia.Tem que haver sim e sempre divergências de opiniões…o que seria do Rap se todo mundo gostasse de funk???rs.
    Deixou explicado alguns pontos que eu,e alguns podem ter entendido errado…agora via de cada um crer ou não né?rsrsrsrs.

    Concordo quando diz que o Brasil precisa de muuuuuuuuuuuitas outras coisas do que uma Olimpiada,só que uma Ilimpiada e um Copa do Mundo podem mudar muitas coisas,basta a gente cobrar e fiscalizar.O Pan é um belo exemplo mesmo,não cobramos,nãos fiscalizamos e deu no que deu.O Pan foi feito na Republica Dominicana,mais pobre que muito pais da Africa,é muitas coisas a discutir e basta a gente cobrar que tudo se encaixa.
    Parabéns a toda equipe pelo blog e tamujunto e misturado,ja diz o bill…

    outubro 5, 2009 às 21:47

  30. Babilônia vai cair, Babilônia vai queimaaaaar, o fim dos tempos se aproxima e só que é , é que vai ficar….
    (RASTAFARI I, respect 7 velas)

    Sempre critiquei aqui no blog esses falsos. não acredito que o hutuz tb seja real (pelos mesmos motivos da mtv). tem mv bill, tem a CUFA e no fundo é a mesma palhaçada: Politicagem.

    Nunca ACEITEI o fato desses malucos estarem na mídia e não estarem no meu mp3 player. shows?? hhuahuahua, nunca que perderia meu tempo nem meu dinheiro suado ajudando a aumentar essa palhaçada.Pra quem é do rap vamos falar assim então, tipo mamelo sound system (respect), QUEM É DE VERDADE SABE QUEM É DE MENTIRA!

    PRA QUEM AINDA TA NESSA POR DINHEIRO, SE LIGA QUE O MÁXIMO QUE VCS CHEGARÃO É NA MTV OU NO HUTUZ!!!

    E pros artistas REAIS. não se preocupem, se o som que vcs fazem bate forte ai, bate forte aqui também. o que falta é a confirmação pra vcs ficarem tranquilos.. mas relaxa, QUEM É DE VERDADE SABE QUEM É DE MENTIRA!

    E o Black Alien é o king size do Rio de Janeiro hauhauhuahuahuaa.

    outubro 6, 2009 às 19:12

  31. fabio costa

    o tio, seis acho que que o emicida ia ganhar alguma coisa memo? fala serio, quem é mais povao, o emicida ou o mv bill? o emicida ta começando agora e ja começo errado, ja se condeno com suas musicas. tanto que ja fez uma musica pra se explicar sobre a nike rsrsrsrsrsr, assim como os donos do blog se explicaram nessa materia. fala serio! sera que se o emicida ou o kamau ganhasse seis iam meter essa materia. aaaa, para vai, esse muleque pode fazer um bom traalho mais nunca vai ganhar da industria tio, a fita é essa ou voce: entra no barato ou vai ficar nessa vidinha fazendo show de 500.00 rs e batendo no peito dizendo que vive de rap

    outubro 10, 2009 às 17:58

  32. Acho válido este post e a movimentação que ele causou. Realmente é bem difícil entender qual foi a lógica para a indicação dos artistas da categoria Rap, já que tiveram vários grupos mais atuantes e relevantes este ano do que os indicados. Mas acho que a MTV está tentando rever a postura de ter ignorado completamente o estilo durante os outros anos, agora me parece que eles não tem ao certo um planejamento de como fazer isso. Vale lembrar que eles já fizeram o Yo MTV com o KL Jay apresentando e cobrindo os maiores eventos de rap, ou seja, eles sabem como fazer isso, agora acho que de alguma forma o rap voltou pra pauta. É óbvio que eles sabem que estão perdendo grana não conseguindo contemplar o público jovem urbano que se identifica com o rap/rn’b. Ninguém é bonzinho, isso é só negócio.

    Lendo os posts acima, vejo gente achando que devemos ignorar a grande mídia e bater o pé dizendo “Não precisamos desses caras!”, mas acho uma estratégia furada, pois o rap fez isso a vida inteira, não conseguiu nada muito relevante e não conseguimos criar a nossa grande mídia do hip hop.

    Por outro lado, acho que não devemos soltar fogos ou dar piruetas de alegria quando sai uma notinha num grande jornal, uma aparição no telejornal do meio dia ou um prêmio na MTV. Porque isso tudo só serve pra vc fazer um cliping (portifólio com todas as suas aparições) e mostrar pra um potencial contratante, seja ele gravadora ou mesmo uma casa de show, o quanto vc é reconhecido, o tamanho do seu público (quem consome sua música!), e por isso conseguir melhores cachês. Ou seja, fazer dinheiro com sua popularidade! O MV Bill é um cara que tem estrutura pra transformar essa popularidade em grana e movimentar a sua ONG e seus projetos, como livros e filmes. Não quero entrar no mérito da qualidade, ou intenção deles, mas ao menos me parece que ele é um cara mais preparado pra aproveitar este “burburinho” no momento e segurar as críticas que virão. Pois quantos grupos de rap estão confortáveis com a idéia de ganhar dinheiro com sua música? E o público do rap, está confortável com a idéia do seu artista predileto fazer dinheiro, ficar famoso e tocar no carro dos playboys da sua rua?

    Já vimos esta história se repetir várias vezes, alguns cara se deram mal como Gabriel Pensador, que era um bom MC, mas que por causa do seu sucesso foi renegado pelo rap, fez grana, escreveu livros, vendeu disco mas pra maioria dos fãs xiitas de rap, ele é um vendido. Mas por outro lado, tem caras que souberam lidar com o mainstream com maestria como o D2, que soube usar a estrutura de marketing dos tempos do Planet Hemp pra criar uma base de fã tão grande e fiel que se o cara quiser gravar um disco de salsa com tecnobrega em polonês, vai ter maluco pra comprar e aplaudir. Ponto pra ele. E ao mesmo tempo, entre os dois extremos, existem caras como o Bnegão, que são reconhecidos, tocam no Brasil inteiro, e no resto do mundo, fazendo uma música honesta, e de certa forma até experimental para os padrões do mainstream, e consegue viver da sua arte, sem muitos luxos, mas sem grandes concessões, o MC consegue ser sustentável e isso me parece ser o caminho mais plausível.

    Concluindo, sou otimista em relação ao momento que estamos vivendo, por mais que os grande meios de comunicação não saibam como tratar o rap, eles já não estão conseguindo ignorar completamente o barulho que causamos, mas acho que agora a bola é nossa, dos artistas e fãs da cultura hip hop de mostrar como queremos e devemos ser tratados. De qualquer forma, parabéns pra todos os indicados, vencedores e este blog pelo espaço e discussão proposto.

    outubro 11, 2009 às 20:29

  33. fabio costa

    oia o outro falando que o rap e a bola da vez cala a boca guri ,quem faz mais shows o racionais oou o mr catra o rap ja era faz tempo nem disco novo do racionais vai levantar essa parada eu curto muito rap tambem mais vamo assumir a derota vai, pelo menos por enquanto vamos ser realista e confessar que o rap ta parado

    outubro 12, 2009 às 04:50

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s