Blog de informações sobre hip hop, rap brasileiro e cultura de rua

Sombra no CCSP e Emicida na Hole Club

Sombra grava DVD no CCSP e Emicida traz a Hole abaixo com sua mixtapepor Daniel Cunha e Nathalia Leme

Em um verdadeiro espetáculo, algo ainda pouco valorizado pelos rappers daqui, o MC Sombra gravou, na última sexta-feira (19), no Centro Cultural São Paulo, o seu primeiro DVD solo, intitulado Psycho Hip Hop Circense, em uma provável alusão ao nome de um dos álbuns da banda norte-americana Kiss. Assim como em uma apresentação de uma trupe circense, o ex-integrante do SNJ cantou, dançou e representou, e ainda usou e abusou das piadas, figurinos e coreografias, tudo isso em um clima de total descontração, comandado pelo próprio MC.

Acompanhado em parte do show pela banda Projeto Nave, que deu uma bela encorpada nas bases do MC, Sombra cantou músicas do seu disco solo “Sem Sombra de Dúvida”, lançado no ano passado, alguns sons inéditos e alguns clássicos do SNJ, grupo pelo qual obteve destaque no final dos anos 90. O ápice do show, inclusive, foi quando Cris, também ex-integrante do grupo, surgiu do fundo do palco para cantar sua parte em “Se tu lutas, tu conquistas”, uma das ‘obrigatórias’ do rap nacional.

Abaixo, algumas imagens do dia da gravação do DVD do Sombra, feitas por Janaína Castelo Branco.

por Janaína Castelo Branco

por Janaína Castelo Branco

por Janaína Castelo Branco

por Janaína Castelo Branco

pp_sombra 179

por Janaína Castelo Branco

 ____________

Sábado (20) foi a vez de o Hole Club receber um verdadeiro espetáculo. Dessa vez, o palco da casa foi invadido pela tradicional Rinha dos MCs, onde além da batalha calorosa, rolou o tão esperado lançamento da mixtape “Pra que já mordeu um cachorro por comida, até que eu cheguei longe”, do rapper E.M.I.C.I.D.A.

A boa música lotou pista da casa numa apresentação, no mínimo, inesquecível. “Hey rap!” abriu o show fazendo explodir o coro de quem esperou 2 meses para cantar junto os sons da mix mais comentada, vendida e badalada de 2009. O show – dedicado ao Dj Primo, que completaria 29 anos na mesma data – foi emocionantemente cantado em último timbre verso por verso. Além de “Essa é pra você, Primo”, um parabéns foi cantado em uníssono por todos que estavam na casa.
 
O público compareceu em peso e lembrou os velhos tempos de festas lotadas e “participativas” na Hole Club. Para muitos, essa foi A festa, um verdadeiro show de rap. Uma apresentação com vibe de renovação, que deixa a impressão de que coisa boa ainda está por vir. Acompanhe abaixo algumas imagens do show, também feitas por Janaína Castelo Branco.

por Janaína Castelo Branco

por Janaína Castelo Branco

por Janaína Castelo Branco

por Janaína Castelo Branco

por Janaína Castelo Branco

por Janaína Castelo Branco

Mais imagens:
http://www.flickr.com/photos/janainacastelo
http://www.flickr.com/photos/vodkadoce

Mais informações:
“Emicida e a Magia do Rap no Hole Club” no Rapevolusom
“Fim de semana frio com noites quentes em São Paulo”, no blog do Programa Freestyle.
“Sombra no Centro Cultural de São Paulo”, no Central Hip Hop.
Emicida (02) – Hole Club (2006-2009) no Groove Livre.

O que você achou do fato do Sombra gravar um DVD? E a vibe do show do Emicida? Comente!

____________

Michael Jackson, rest in peace!

Anúncios

4 Respostas

  1. Muito obrigada ao PerRaps pela força e dedicação. Eu agradeço, Emicida tb.
    Dia 11 tem Emicida a disposição de quem quiser fazer perguntas. Ele e MAX B.O., no CEU Butantã. Acessem http://www.flickr.com/emicida e confiram o flyer!

    Paz!

    junho 26, 2009 às 21:21

  2. Parabéns ao Emicida de coração.
    Pessoas assim que não ficam esperando contratos ou algo do tipo para movimentar o cenário são sem sombra de dúvidas as principais engrenagens do rap e afins.
    Vida longa ao rap do Emicida, vida longa ao bom e velho rap nacional

    junho 27, 2009 às 21:17

  3. Sergio Carvalho

    Salve Perraps!!!
    O texto resume bem o que foi o show, parabéns pelo belo trabalho de vcs.

    junho 29, 2009 às 06:08

  4. Na primeira vez que ouvi a Mixtape do Emicida, veio aquele sentimento antigo de quando eu ia na galeria bem mais novo,
    e voltava com 3 cds de rap na mochila, uma bombeta e as vezes umas camisetas da Slum,Cultura de Rua, XXL e por ai vai.
    Porque este sentimento???????
    Porque me senti jovem novamente,me senti como se o Rap estivesse voltando no tempo ( como ele diz na primeira faixa,é preciso retornar ao começo quando parece estar tudo perdido), como se o Rap não estivesse passando por um momento de transformações e aprovações.
    O Emicida, meu camarada Leandro (assim que o conheci nos áureos tempos da Olido,Sintonia e Studio SP e etc), pegou todo aquele sentimento que nos anos 90 a gente aspirava e não dava valor.Tanto que em uma de suas músicas colocou “Quero Te Encontrar” do Claudinho & Buchecha e dirigiu-se ao Público: “Canta Porra!Vocês não foram favelado?? “.Acompanhado do Dj Nyack, foi emotivo (nada a ver com Emo por favor) ao cantar e “proclamar” Essa é pra Você Primo!, uma letra nos moldes de Essa Noite Tive um Sonho do Thaide, só que em cima de One Mic do Nas, mesmo pra quem conhece a base fica aquele negócio de inovação…Ao vivo com lágrimas nos olhos, Emicida mostrou ao pública o quando uma letra de rap pode mexer com as emoções e brios de cada um que assimila.
    Penso que ele tentou expor todo aquele sentimento que o Rap transmitiu para ele nas letras dos anos 90, isto fica mais claro ainda ao ouvirmos HEY RAP, a primeira música do Show.
    Quem foi a Hole naquele sabado, vai poder dizer daqui alguns anos, EU FUI!!! Assim como quem foi na Peruche ver o Dexter!
    A ultima música do Show “Eu To Bem” mostrou o quando ele está a vontade na sua arte, a música é engraçada e mostra um lado que ultimamente rappers vem falando mais abertamente, que é dinheiro,fama, shows,viagens e por ai a fora.
    Eu já vi na Hole club, na época da Central Acustica, ninguém menos que Xis, SNJ, DMN, Código Fatal, Slim rimografia, Kamau, Criolo Doido entre outros, e na minha opinião foi o melhor show que vi.
    Assim como para muitos o Jurassic Five no Indie foi o melhor show de Rap no Brasil feito por gringos.Sem comparações,claro, mas a História está feita.Gravada.Rimada e Contada(ou cantada) por mais este irmão que com uma nova “tendência” está escrevendo ( e muito bem ) sua história na cena do Rap ( and ) Hip Hop Brasileiro.

    Parabéns Emicida,Parabéns ao Rap.

    junho 29, 2009 às 13:39

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s