Blog de informações sobre hip hop, rap brasileiro e cultura de rua

P.O.S + Kooley is High Mixtape

Já ouviu falar em P.O.S.? Essa sigla pode ter vários significados como “Product Of Society”, “Promise Of Stress”, “Promise Of Skill” ou “Piece Of Shit”. Essa é na verdade a sigla que o rapper de Minneapolis, Stefon Alexander a.k.a “Pissed Off Stef” (algo como “Stef Injuriado”). Antes de ser MC, P.O.S. era vocalista de uma banda de punk rock, então daí se entende melhor seu apelido e suas influências musicais.

Mantendo suas raízes, o rapper possui uma língua afiada, cheia de referências e sarcasmo, sem contar os beats mais acelerados que o normal, que remetem ao punk. Quem produz algumas das faixas de seus trabalhos é o próprio P.O.S., que declarou que sempre tenta produzir pelo menos metade das faixas de um álbum.

O MC  já lançou três álbuns solo: “Ipecac Neat” (2004), “Audition” (2006) e agora chega com o “Never Better” (2009). Neste último, a influência nos beats e nas letras é notável. O selo que lançou os trabalhos foi o Rhymesayers Entertainment, além disso P.O.S. é um dos fundadores do Doomtree.

Para quem não conhece, o Doomtree é um importante coletivo independente de rap de Minnesota e conta com os MC’s P.O.S., Sims, Dessa, Mike Mictlan e Cecil Otter. Além deles, os Dj’s/Produtores Paper Tiger, MK Larada, Lazerbeak e Turbo Nemesis. O Daniel Cunha prometeu que vai falar mais do assunto, então continue acompanhando o Per Raps para saber mais.

Voltando ao modus operandi do rapper, ele conta, em uma entrevista para um blog, como fez para produzir a faixa “Drumroll”. “Eu estava ouvindo uns samples de jazz e de repente me peguei prestando atenção em um solo de bateria (…) diminui um pouco a velocidade do solo e toquei na minha “caixa” lá de casa (…) depois toquei baixo e guitarra por cima e fiquei pensando em como iria acrescentar minha rima nisso tudo. E consegui!”

O rapper de Minneapolis também dá bastante atenção a seus clipes e foge dos clichês do gênero. Para o povo do hip hop, é considerado muito punk. E para os punks é muito rapper, assim como não se encaixa no mainstream ou no underground. P.O.S. responde em rima, ouça em “Out of Category”, de “Never Better”. Resumindo, vale a pena acompanhar o som desse MC.

____________
Mixtape Kooley is High

kooley_high

Kooley is High!

O Kooley High , da Carolina do Norte, acaba de disponibilizar no blog Okayplayer uma mixtape que vale a pena conferir. O grupo é formado pelos MC’s Charlie Smarts, Tab-One e Rapsody, os produtores Foolery e The Sinopsis, além do Dj ill Digitz.

No formato tradicional de rimas em cima de bases já conhecidas, vale o bom gosto da escolha dos atuais “Gettin Up”, de Q-Tip ou na dança entre beat e trombone de “Stay Up!”, de 88-Keys, entre outros. A mix foi compilada pelo especialista em mixtapes, Dj K-Salaam. Como diria o Dj Tamenpi vale baixar essa pedra!

Kooley is High Mixtape

1. Intro(ducing)
2.Gettin’ Up (Remix)
3.Daykeeper (Kooley High Remix)
4.Phonte’s Movie in a Minute
5. Stay Up (Young N’ Fresh Remix) feat. HaLo
6. Flow Glow (Kooley High Remix)
7. I’m Fresh (Remix)
8. Due Process (Kooley High Remix)
9. G Building (Foolery Koolery High Remix)
10. Bodega (HaLo Remix)
11. Jacques Cousteau
12. Kooley is High
13. Soldier (Kooley High Remix)
14. Rude Bwoy
15. The Next Episode (Foolery’s Fooldogg Remix)
16. Trix (1983 Kooley High Remix)
17. The Light (Outro)
18. Worldwide (BONUS TRACK)

Download

Saiba mais no myspace do grupo:
http://www.myspace.com/kooleyhigh

Fonte: Okayplayer

____________
Per Raps Promo “Na Humilde”

Taí o grande vencedor da promo “Na Humilde”, o Yuri Eiras. Agora devidamente trajado com o seu prêmio. Parabéns!!!

Continue acompanhando o Per Raps para novas promos.

Yuri levou a camiseta "Na Humilde" e exibe o prêmio

Yuri levou a camiseta "Na Humilde" e exibe o prêmio

Comentário vencedor:

“Tava pensando que A CADA VENTO que passar, o espírito do TRIUNFO, vai tá junto de nós, de quem sente isso, de quem canta isso, ou de quem apenas ouve isso.
ELA DIZ que não, mas todo o sentimento da rua, realmente vem do peito. uma frase tão simples e sem sentido que representa tanto.
E tava rindo, porque mesmo com tanta ignorancia e cérebros atrofiados na mídia, ainda dá pra ser feliz, rimar o certo, rimar pro povo.

Mesmo porque a rua não é eles. A RUA É NÓIZ, pô.”

E amanhã acompanhe a segunda parte do faixa-a-faixa com Kamau. Tudo sobre o Non Ducor Duco e mais um pouco!

Anúncios

Uma resposta

  1. O rapaz que ganhou a promo “Na Humilde” parece o Projota por trás do N…
    P.O.S. é bom mesmo.Vejam a apresentação da Optimist ao vivo no SXSW: http://indieblips.dailyradar.com/video/spin_sxsw_2009_p_o_s_performs_optimist_video_by_spin/

    abril 21, 2009 às 20:48

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s