Blog de informações sobre hip hop, rap brasileiro e cultura de rua

Conheça Signmark

Seu flow é cabuloso, mas seu coração não vibra com o que sai da caixa acústica“, Parteum em “M.Z.U.R.I“.

Só as letras não garantem o sucesso de um MC. Também é preciso ter uma boa levada e atitude, que pode ser traduzida como uma presença de palco memorável, por exemplo. Cada um tem seu estilo, mas é inegável que o mestre de cerimônias transcende a barreira da comunicação apenas feita por meio das palavras e também se comunica corporalmente. Desde a forma como se segura o microfone até os gestos feitos durante uma música; essa é a verdadeira comunicação do MC com aquele que o ouve e assiste.

Não é diferente para Marko Vuoriheimo a.k.a Signmark. Ele é finlandês, tem 30 anos, e é o primeiro MC com deficiência auditiva de que se tem notícia. Nesse momento você deve estar pensando, mas como? Para começo de história, Signmark tem a sua forma de se comunicar, no caso por meio da linguagem de sinais finlandesa (no Brasil a linguagem de sinais é chamada de libras), e é a partir daí que tudo acontece. Atento às vibrações sonoras das notas graves, ele desenvolve seu flow. “Eu comecei a traduzir (letras) quando eu tinha oito anos. Então passei a procurar o estilo que tinha mais a ver comigo”, explica o rapper. Foi no hip hop que ele encontrou maior receptividade. Quando passou a notar com atenção o movimento das mãos dos MCs, concluiu: “esse é o meu lance!”.

Marko teve certeza que a cultura hip hop nortearia o seu estilo de vida aos 16 anos. No entanto, nem todos apoiaram essa idéia de se ligar muito à música, que a princípio, até poderia soar absurdo para os mais tradicionais.

Um dia, Marko estava assistindo clipes na MTV no intervalo das aulas, e um professor foi conversar com ele. Disse que o então garoto não deveria ficar assistindo videoclipes, pois isso é muito “difícil” para pessoas surdas. Ainda falou que o futuro MC deveria pensar em outras coisas e não sonhar em ser um cantor.

O que esse professor deve estar pensando agora, ninguém sabe. Isso porque, cada vez mais, Signmark recebe reconhecimento; inclusive foi indicado para um importante prêmio de música na Europa, o Eurovision .

As coisas começaram a ficar sérias para Marko quando um amigo dele fez uma provocação. Os dois estavam em uma festa e Signmark “traduzia” alguns sons conhecidos do rap para outros deficientes auditivos. O amigo disse: “Por que ao invés de apenas traduzir letras, você não faz as suas próprias?”, relembra Marko. No dia seguinte, mesmo de ressaca, as letras começaram a ser escritas.

Os MCs Mahtotapa, Signmark e o Dj Sulava

O Dj Sulava e os MCs Signmark e Mahtotapa

Os temas abordados variam muito, mas passam pela história dos deficientes auditivos, da linguagem de sinais e sobre a vida de Marko. Signmark é companhado pelo amigo e MC que representa sua “voz”, o Mahtotapa (Heikki Soini), o Dj Sulava (Kim Eiroma) e a “voz” em inglês é representada por Brandon. Marko conta que eles já estiveram em 15 países do velho continente, além dos Estados Unidos e Japão, mas não vê a hora de mostrar seu trabalho no Brasil. “Nós estaremos ai algum dia”, se empolga o MC.

O rapper encontrou as mesmas dificuldades que os MCs daqui encontram para começar, e também precisou provar sua seriedade, já que não havia outro mestre de cerimônias com deficiência auditiva no mundo.

Os outros rappers acharam muito interessante a iniciativa de Marko, mas estranharam no começo. “As pessoas não manjam muito sobre o estilo de vida dos deficientes auditivos, e por isso ficam imaginando se é possível fazer o que eu faço”, explica o MC. O que deixa Marko mais feliz é o apoio que recebe de muita gente – inclusive vários e-mails agradecendo por ele ter “aberto os olhos” dessas pessoas. Assim como ele diz, o povo precisa de mais informações.

Signmark ainda não consegue viver só do seu trabalho no rap, divide essa tarefa com as aulas que dá numa universidade para pessoas que querem aprender a linguagem dos sinais e se tornarem intérpretes. “ Vou fazer uma pausa na universidade em janeiro e focar no rap”, confessa Marko.

suas mãos

O instrumento de Signmark: suas mãos

Marko hoje não está mais sozinho, já que inspirou outras pessoas a formarem grupos compostos por pessoas com deficiência auditiva. Nos EUA, essa idéia se difundiu mais e dois bons exemplos são os rockeiros do Beethoven’s Nightmare e os MCs do Helix Boyz.

O trabalho do finlandês já rendeu um CD, um DVD e em breve, um livro. Perguntado se gostaria de deixar uma mensagem para aqueles que curtem rap no Brasil, Signmark respondeu: “Se você sonha com alguma coisa, se esforce para conseguir e pense positivo!”.

É hora de você abrir seus olhos, abrir sua mente
Está lá para você encontrar, sem tempo para negar
A piada agora é você, então o que vai ser
Essa é a nossa vida não ouvida e como você nunca viu antes
” (do som Our Life, de Signmark)

Site oficial: http://www.signmark.biz

Anúncios

3 Respostas

  1. PESAAADO…ROMPENDO BARREIRAS…

    outubro 15, 2008 às 17:49

  2. Brazil, hope to see you in someday! :)

    novembro 9, 2008 às 11:07

  3. EGM

    Uma ressalva: linguagem são o que as abelhas entendem. O correto é Língua, porque as Linguas de Sinais já têm seu status linguístico equiparado às línguas orais (português, inglês, espanhol etc). Libras vem de Língua Brasileira de Sinais.

    To Signmark: hope to see you in Brazil!

    outubro 9, 2009 às 20:59

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s