Blog de informações sobre hip hop, rap brasileiro e cultura de rua

Programa Freestyle com Paulo Napoli

O Programa Freestyle comemora um ano de existência com uma festa no Café Aurora, nesta sexta-feira (26), organizada pela AsDuas Produções. Nesse um ano, o radialista e jornalista Marcílio Gabriel, entrevistador do programa, já conversou com dezenas de personalidades da cultura hip hop nacional, tornando o Freestyle uma referência no assunto.

A partir de agora, você poderá ver aqui no Per Raps pequenas sínteses do que foi conversado no programa, em forma de texto, caso queira acompanhar ou recapitular o conteúdo das entrevistas.

Fábio, Dennian e Marcilio

Quem faz o "Freestyle" acontecer: Fábio, Dennian e Marcílio

Paulo Napoli – Raps adultos

Com mais de dez anos de caminhada dentro do hip hop, o rapper e jornalista Paulo Napoli, um dos fundadores da Academia Brasileira de Rimas, deve lançar seu novo disco até o final de 2008. Em entrevista concedida ao Programa Freestyle, Napoli falou um pouco de seus novos projetos, comentou a atual cena do rap no Brasil e bateu bastante na tecla de ‘raps adultos‘, seu novo foco dentro da música.

“Influência pra mim é o rap bem feito, em alta definição. Não necessariamente o rap pop, de FM, mas com um acabamento digno”, afirmou. Ele comentou que, entre suas principais influências na atualidade, estão diversos artistas do sul dos Estados Unidos, como Lil Wayne, Lil Scrappy e Rick Ross, considerados rappers do mainstream americano.

“Me chama a atenção como esses caras conseguem agradar a mídia fazendo som de rua mesmo. Essa rapaziada que costuma criticar: ah, fulano ouve rap pop…os caras não sabem nem inglês pra criticar o que ta sendo falado. Esses rappers têm mais conteúdo de rua nas letras deles do que essas esquisitices que você vê a molecada fazendo hoje em dia e chamando de rap”, disparou Napoli.

Os MCs Leco e Paulo Napoli

Os MCs Leco e Paulo Napoli

Crescido na Vila Mariana, Paulo Napoli afirmou que, no Brasil, o rap é predominantemente independente, ao contrário do que alguns costumam classificar. “Rap é independente pra todo mundo, uns são melhor acabados e outros não. Ninguém aqui no Brasil está vivendo de rap hoje. Você tem seis ou sete artistas que vivem disso, o resto está “falando” que vive de rap”, disse.

Além do disco novo, que contará com produções de Dj Nuts, Mr. Venom, Cyber, entre outros, Napoli pretende lançar, entre o final deste ano e o começo de 2009, a terceira edição da coletânea Raps de Verão. “Vai ser no verão com certeza”, brincou. Segundo ele, o disco irá trazer um retrato do que está sendo feito dentro e fora de São Paulo: “Grupos independentes mostrando trampos adultos”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s